Foto aérea da praça da Matriz no Centro de Caucaia

Notícias do Município

Notícia Publicada em 13/9/2017 | 116 visualizações.


Creche Modelo: Erika recebe proposta pedagógica de gestores do Instituto Myra Eliane

As secretárias municipais Erika Amorim (Governo e Articulação Política) e Lindomar Soares (Educação) receberam, na manhã desta terça-feira (12/9), a proposta pedagógica da creche modelo que será construída pelo Instituto Myra Eliane em Caucaia.

O documento foi apresentado durante reunião das gestoras com o presidente do Instituto, Igor Queiroz Barroso, e os diretores da entidade, Valéria Serpa e Carlos Sebastião Andreani, com quem Erika Amorim e Lindomar Soares também debateram detalhes da construção da creche. A expectativa é de que a pedra fundamental do espaço seja lançada em outubro.

Coordenador da proposta pedagógica, Andreani apresentou detalhes de como o equipamento funcionará. A base do trabalho será similar a que o Instituto desenvolve em Campinas (São Paulo): a formação a partir do fomento aos valores humanos.

“Nós estamos nos mobilizando para Caucaia ter novamente o Selo Unicef após pelo menos oito anos sem essa certificação. Para isso acontecer, nós temos que melhorar muito a educação do município. E a metodologia que o Instituto aplica, de estimular a solidariedade, a cidadania e a fraternidade, é muito importante porque vai abrir outros horizontes pras nossas crianças. Acreditamos que a chegada da creche vai ser um divisor de águas”, pontua Erika Amorim.

Segundo Lindomar Soares, Caucaia está desenvolvendo pela primeira vez uma proposta pedagógica voltada para o Ensino Infantil. “Estamos compondo uma metodologia e vamos incluir os valores humanos apresentados pelo Instituto. Tem muita coisa para ser melhorada no sistema”, frisa a secretária de Educação.

 

A CRECHE

O equipamento a ser construído pelo Instituto Myra Eliane ficará no Araturi. A Prefeitura de Caucaia cedeu o terreno em junho. A propriedade tem o tamanho de 17.325,87 metros quadrados.

A creche atenderá em tempo integral a 630 crianças com idade entre dois anos e cinco anos e nove meses, e terá também auditório, piscina, teatro, centro de formação para professores e centro de etnias para o resgate das comunidades indígena e quilombola.

 


Compartilhar

Últimas Postagens

Economia: Naumi encontra empresários chineses ...
AMT: Semana de palestras sobre segurança e prevenção ...
Iluminação: Comunidade do Tronco é beneficiada ...
UPA da Jurema: Mais de mil atendimentos na primeira semana ...
Semana do Bebê: Atividades começam segunda-feira ...
Social: Do olhar triste ao sorriso ...